16º Congresso da Abraji registra 10.000 inscritos
  • 01.09
  • 2021
  • 19:30
  • Abraji

Formação

Liberdade de expressão

Acesso à Informação

16º Congresso da Abraji registra 10.000 inscritos

O 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da Abraji  (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) registrou 7.781 inscritos até 31.ago.2021. Incluindo os dois eventos paralelos, o VIII Seminário de Pesquisa e o 3º Domingo de Dados, o total de inscritos já chegou a 10 mil. Como as inscrições estão abertas até 29.set.2021, esse número tende a crescer. Clique aqui para assistir às sessões.

O Congresso de 2020, o primeiro realizado on-line por causa da pandemia, contou com 105 painelistas. Em 2021, foram 142 palestrantes de segunda a sexta-feira (23 a 27.ago.2021), 38 no Seminário de Pesquisa (28.ago.2021) e 30 no Domingo de Dados (30.ago.2021), totalizando 210 conferencistas, entre mediadores, palestrantes e instrutores de oficinas e cursos.

O maior evento de jornalismo do Brasil e um dos mais importantes da América Latina também reuniu mais convidados estrangeiros do que em outras edições. Em 2020, foram 18 painelistas de 8 países, frente a 30 em 2021 de 15 países: Canadá, China, Cuba, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, Nicarágua, Nigéria, México, Índia, Quênia, Paquistão, Peru, Reino Unido e Taiwan.


 

Além de tornar o Congresso mais inclusivo, com cerca de 30% de painelistas não brancos (em 2020, foram 26%), as sessões trazem áudio original do idioma ou tradução simultânea dublada. Durante cinco dias, dez sessões contaram com interpretação de libras e três eventos ao vivo tiveram um estenotipista, profissional responsável pela legendagem em português.

Outro aspecto de inclusão foi a gratuidade das inscrições, conforme aponta o presidente da Abraji, Marcelo Träsel: “Graças ao apoio dos patrocinadores, foi possível manter o acesso gratuito ao congresso este ano. Além de beneficiar jornalistas que se viram prejudicados pela crise econômica, a gratuidade atende às necessidades de colegas que não podem dispor de algumas centenas de reais. O modelo virtual também ajudou nesse sentido, porque evita custos com deslocamento e hospedagem. Considerando o sucesso da experiência, estamos discutindo modelos híbridos para os congressos futuros.”

Temas e homenagens

Entre os temas discutidos destacaram-se meio ambiente, declínio da democracia, assédio judicial contra jornalistas, ataques contra mulheres, perseguição à imprensa, racismo, desinformação, eleições 2022, ética, investigações de abuso sexual, saúde dos jornalistas e efeitos da pandemia na cobertura de educação. Bastidores de reportagem, oficinas do tipo “mão na massa” e cursos de jornalismo de dados reforçaram o DNA da Abraji na formação dos jornalistas. 

Em 2021, Elaíze Farias e Kátia Brasil, fundadoras da Amazônia Real, a primeira agência de jornalismo independente e investigativo do Norte do Brasil, foram as grandes homenageadas por sua contribuição ao jornalismo. Um documentário sobre a carreira das duas repórteres dirigido por Carolina Fernandes, da Banksia Filmes, fez parte da programação do evento

Na sua 16ª edição, o Congresso prestou homenagem às organizações que defendem a liberdade de expressão e de imprensa, por meio do documentário “Escalada”, produzido pela Outros Olhos. Diego Godoy, diretor responsável pelos painéis gravados de todo o evento, assina a produção do vídeo com a lista de 278 jornalistas mortos durante a pandemia a partir do levantamento da Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas).

O conteúdo disponível na plataforma é expressivo e requer tempo dos participantes, mas, como na maioria dos cursos remotos, as sessões podem ser assistidas em qualquer horário. Os cinco dias do evento principal somam 43,3 horas de atividades, sem contar os conteúdos dos patrocinadores. O 3º Domingo de Dados ofereceu 15,5 horas de treinamento e o VIII Seminário de Pesquisa, 8.

O 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo contou com o patrocínio de Facebook Journalism Project, Google News Initiative, Grupo Globo e Luminate, além de Agência Lupa, Artigo 19, CNN Brasil, Folha de S.Paulo, International News Safety Institute (INSI), Itaú, Metrópoles, O Estado de S.Paulo, Poder360, Trust Project, Twitter e UOL. O evento teve apoio de mídia de CBN, Correio (BA), GloboNews, Grupo RBS e revista piauí e apoio institucional de Abert, Agência Pública, Ajor, Aner, ANJ, Comunique-se, Consulados e Embaixada dos EUA, FAAP, FCB Brasil, Fórum de Direito de Acesso a Informações Públicas, Knight Center, Jornalismo ESPM, Jornalistas & Cia, Oboré, Portal Imprensa, PUC-SP, Textual Comunicação e UNESCO.

Confira aqui a cobertura completa do 16º Congresso, realizada por estudantes, recém-formados e jornalistas integrantes da Redação Laboratório do Repórter do Futuro, da OBORÉ.

::Inscreva-se e assista a todo o conteúdo do 16º Congresso até o dia 29.set.2021::

Serviço
16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo 
Inscreva-se em congresso.abraji.org.br
Email para dúvidas: [email protected]
 

Assinatura Abraji