Inscrições abertas para o lançamento do Projeto Credibilidade
  • 16.04
  • 2019
  • 15:00
  • Natália Silva

Acesso à Informação

Inscrições abertas para o lançamento do Projeto Credibilidade

Estão abertas as inscrições para o evento de lançamento do Projeto Credibilidade  versão brasileira do Trust Project, consórcio de veículos que por meio da transparência busca alcançar a qualidade e credibilidade do trabalho jornalístico  que acontecerá das 8.mai.2019, das 9h às 12h30, no campus da Unesp na Barra Funda. Interessados podem se inscrever por meio do formulário.

No evento de lançamento estarão presentes a diretora do Trust Project Sally Lehrman, a presidente do Instituto do Desenvolvimento do Jornalismo (Projor) Angela Pimenta, o jornalista e professor Carlos Eduardo Lins da Silva e Daniel Bramatti, presidente da Abraji. O lançamento marcará a adoção por veículos brasileiros de três dos oito indicadores de credibilidade. Entre os parâmetros definidos pelo Projeto Credibilidade estão a transparência de financiamento, dos responsáveis por uma reportagem e a comunicação com a audiência, por exemplo.

No Brasil, o consórcio do Projeto Credibilidade é formado por 17 entidades, que incluem jornais, agências de checagem, revistas e a Abraji. A lista completa de membros está disponível no site. Por meio do sistema de indicadores de credibilidade, o projeto visa “colocar nas mãos do usuário a decisão do quanto de credibilidade ele reputa a determinado veículo”, descreve Pimenta, presidente do Projor, que coordena o Trust Project brasileiro em parceria com a Unesp. 

Segundo Pimenta, a ideia é que o sistema de indicadores (disponível aqui) “seja amigável e ajude o usuário de notícias a entender o que está por trás do conteúdo”. Assim como tabelas nutricionais ajudam as pessoas a entenderem como é feito e do que é feito um alimento, os indicadores buscam dar transparência ao processo de seleção, apuração e produção das notícias. 

No entanto, o Projeto Credibilidade não é uma certificação dos veículos ou do conteúdo que eles produzem. Ao contrário de agências de checagem, que verificam a autenticidade de notícias, o projeto tem como objetivo criar padrões de transparência a serem seguidos pelos membros do consórcio, ainda que parcialmente. Com isso, os próprios usuários podem fiscalizar as notícias que consomem.

O jornalista Carlos Eduardo Lins da Silva destaca que o jornalismo tem sofrido ataques que frequentemente não são baseados em fatos e afetam a credibilidade dos veículos. “A maneira de combater essa perda de credibilidade é tentar fazer o máximo possível para manter uma boa qualidade do produto e demonstrar para a sociedade que muitos desses ataques são oriundos de pessoas, entidades e organizações que estão mentindo e tentando minar uma das bases da democracia que é o jornalismo independente.”

Pimenta também destaca a importância do jornalismo para a democracia e afirma que o Projeto Credibilidade busca esclarecer que “o jornalismo não está acima de ninguém”. “Ele fiscaliza o poder e também precisa ser fiscalizado”, argumenta. 

Serviço
Lançamento do Projeto Credibilidade
8 de maio, das 9h às 12h30 
Auditório do Instituto de Física Teórica da Unesp (R. Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271)
Inscrições no formulário

Assinatura Abraji