Abraji repudia ataque à colunista Miriam Leitão durante voo
  • 13.06
  • 2017
  • 11:52
  • Abraji

Liberdade de expressão

Abraji repudia ataque à colunista Miriam Leitão durante voo

A repórter e colunista de O Globo Míriam Leitão foi gravemente assediada durante um voo de Brasília ao Rio de Janeiro há 10 dias, no sábado, 3.jun.2017. Sua partida da Capital Federal coincidiu com o encerramento do 6º Congresso Nacional do PT, e havia cerca de 20 delegados do partido no mesmo avião.

As ofensas começaram no portão de embarque e seguiram durante todo o voo, como relata a jornalista em sua coluna no jornal O Globo de 13.jun.2017. A tripulação convidou-a a trocar de assento, mas não reprovou a conduta dos que, aos gritos, a ameaçaram, provocaram e ofenderam. 

A Abraji repudia o comportamento dos passageiros que, de maneira covarde e intolerante, atacaram a colunista Míriam Leitão. Não há nada que justifique assédio violento a qualquer cidadão por suas posições ou seus atos. Infelizmente o acirramento de posições políticas tem levado à proliferação de situações como essa, seja em aviões, restaurantes e mesmo hospitais.

O dissenso é saudável para uma democracia, e o embate civilizado de ideias é o melhor caminho para a construção de uma sociedade mais justa. A violência, a intolerância e a incompreensão do papel da liberdade de expressão, ao contrário, podem ferir de morte o regime democrático.

Diretoria da Abraji, 13 de junho de 2017

Assinatura Abraji