CTRL+X - Quem tira conteúdo da internet?
Busca pelo site
Digite uma palavra
Cursos Oferecidos pela Abraji

RSS - Assine para receber as novidades do site



Abraji
on Google+

06/03/17 - 11h44 - Tiago Aguiar
Jornalismo de dados atrai jovens empreendedores no Brasil


O Brasil ganhou nos últimos anos novos empreendimentos relacionados ao jornalismo de dados. Trata-se de um reconhecimento dessa ferramenta como uma das principais formas de fortalecer investigações e facilitar a transmissão de determinadas informações. A Abraji, fundada em 2003, foi pioneira no ensino de técnicas de Reportagem com Auxílio do Computador no Brasil.

Nossa equipe conversou com dois dos principais empreendedores da área na atualidade: Natália Mazotte, coordenadora da Escola de Dados, e Sérgio Spagnuolo, executivo do Volt Data Lab. A Escola de Dados é um centro de formação para uso eficaz de dados, e o Volt é uma agência de notícias focada em jornalismo de dados.

Recentemente Mazotte, no especial da Abraji “O Jornalismo no Brasil em 2017”, afirmou que “ampliar a oferta de capacitações é o primeiro desafio no jornalismo de dados”. Pela Escola de Dados seu trabalho cumpre esse papel.

“Um dos nossos objetivos para este ano é oferecer mais treinamento focado” contou à Abraji. Mazotte antecipou que no segundo semestre deste ano será realizada a segunda edição da CODA (Conferência Brasileira de Jornalismo de Dados). A primeira ocorreu em maio do ano passado em São Paulo.O encontro tem uma grade focada em workshops de ensino de determinadas ferramentas de programação.

Mazotte também conta que a Escola pretende lançar um site novo nos próximos meses. “Tem bastante conteúdo que temos produzido e não colocamos on-line ainda por questões técnicas da mudança de site”.

Já Spagnuolo lançou no último dia 16 um banco de gráficos, o Mono. Autointitulado “uma plataforma de gráficos sobre qualquer coisa”, o Mono tem como inspiração projetos de outros países, especialmente o Atlas, do Quartz.

 

“Sempre pego dados públicos e sempre com pouco texto. Pretendo ter naturalmente algum recorte maior no Brasil, mas não há restrições”. Como o Volt é conhecido especialmente por jornalistas, ele acredita que a audiência será principalmente de profissionais da comunicação.

 

“A ideia é mais fazer um experimento do que funciona com gráficos no Brasil do que criar um novo site que acompanhe o noticiário e faça a curadoria a partir daí”. O site é um projeto dentro do Volt e por ora em caráter experimental e aberto a sugestões.

Spagnuolo também antecipou que ainda que, ainda neste mês, todas as imagens e os gráficos do site terão livre reprodução desde que seja feita a citação.


Busca pelo site
E-mail / Usuário

Senha
 
 
   
 

 
 



 



 
 
 






 

INSTITUCIONAL
O que é
Estatuto Social
Diretoria
Comunicados
Parceiros
Privacidade
Copyright
Expediente
SERVIÇOS
Fale conosco
Banco de Currículos
Lista de Discussão
Eventos
NOTÍCIAS
Acesso à informação
RAC
Projeto com estudantes
Noticias da Abraji
Liberdade de expressão
FILIE-SE
Quem pode se filiar?
Quais os benefícios que o sócio da Abraji tem?
Quanto custa?
Como se associar?
 
ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo - abraji@abraji.org.br - (11) 3159-0344 - São Paulo SP