Busca pelo site
Digite uma palavra
Cursos Oferecidos pela Abraji

RSS - Assine para receber as novidades do site



Abraji
on Google+

17/02/12 - 13h26 -
Conectas alerta para ataques a imprensa no Brasil


Publicado em 17 de fevereiro de 2012 pela Conectas

O Brasil caiu 41 posições no ranking de liberdade de expressão da ONG Repórteres Sem Fronteiras. Desde janeiro, três jornalistas foram assassinados no país, que, em 2011, foi considerado pelo International News Safety Institute (INSI) o 8º país mais perigoso do mundo para o trabalho jornalístico.

"Assassinatos de jornalistas são mais que um drama pessoal, para as famílias e os colegas envolvidos. Quando envolvem de fato motivação política, estes crimes têm um impacto devastador em toda a cadeia de respeito aos direitos humanos porque rompem um elo estratégico da cadeia, debilitando a capacidade de fiscalização, identificação e denúncia dos violadores de direitos humanos em escala global", disse João Paulo Charleaux, coordenador de Comunicação da Conectas. "Esta escalada da violência contra os jornalistas é alarmante e a Conectas está empenhada em estreitar a colaboração com as outras organizações que atuam neste tema."

Preocupada com a violência contra os jornalistas no Brasil, a Conectas decidiu trabalhar este ano em cooperação com a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) para descobrir formas de combater os ataques à liberdade de expressão. Como primeiro passo, Conectas participara do 7º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, promovido pela Abraji, de 12 a 14 de julho, em São Paulo. João Paulo Charleaux será um dos professores do curso que aborda medidas concretas de proteção para os jornalistas.

“A Abraji firmou em 2011 uma parceria com o INSI para o estabelecimento de um programa contínuo de treinamento de jornalistas para atuação em situações de risco”, diz o presidente da entidade, Marcelo Moreira. “Paralelamente, a Abraji segue trabalhando para que casos de agressões, ameaças e atentados contra jornalistas sejam esclarecidos com a maior rapidez pelas autoridades. Autores de crimes contra jornalistas e contra a liberdade de expressão não podem ficar impunes”. As duas organizações também acordaram a realização de reuniões bilaterais em São Paulo para monitorar a situação e discutir formas de cooperação caso a caso, especialmente por meio do Programa de Justiça da Conectas.

Saiba mais sobre os crimes acessando: http://en.rsf.org/brazil-third-journalist-s-murder-confirms-14-02-2012,41875.html

Conheça a posição da Abraji: http://www.abraji.org.br/?id=90&id_noticia=1924

Conheça na posição do INSI: http://www.newssafety.org/news.php?news=20485&cat=press-room-news-release


Busca pelo site
Usuário

Senha
 
 
   
 

 
 
 
 
 






 

INSTITUCIONAL
O que é
Estatuto Social
Diretoria
Comunicados
Parceiros
Privacidade
Copyright
Expediente
SERVIÇOS
Fale comosco
Banco de Currículos
Lista de Discussão
Eventos
NOTÍCIAS
Acesso à informação
RAC
Projeto com estudantes
Noticias da Abraji
Liberdade de expressão
FILIE-SE
Quem pode se filiar?
Quais os benefícios que o sócio da Abraji tem?
Quanto custa?
Como se associar?
 
ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo - abraji@abraji.org.br - (11) 3159-0344 - São Paulo SP